quinta-feira, 17 de abril de 2014

Sindicato encontra diferença de quase 2 milhões em folha de pagamento de professores de Vitória da Conquista


O Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (SIMMP), iniciou uma investigação e busca explicações da Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal em relação ao quadro de servidores efetivos e contratados.

Segundo a professora Geanne Oliveira, presidente do sindicato – são 1.663 servidores concursados, lotados na Secretaria Municipal de Educação, contra 2.364 contratados. Nas contas do SIMMP, a folha é da ordem de R$4.140.764,18. (quatro milhões, cento e quarenta mil, setecentos e sessenta e quatro reais e dezoito centavos). A Prefeitura informou que o total é de R$6.119.528,37 (seis milhões, cento e dezenove mil, quinhentos e vinte e oito reais e trinta e sete centavos).  A diferença é de quase R$ 2 milhões e a direção do SIMMP busca esclarecimento com a prefeitura a cerca da diferença. Está causando também estranheza o fato de constar na folha de pagamento de servidores a serviço da SMED, contadores, garis, mecânicos e operadores de máquinas. O SIMMP deseja e quer que a Prefeitura esclareça os questionamentos feitos.

Fonte: B log da Resenha Geral

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Polícia Militar da Bahia deflagra Greve

O clima de tensão dominou Salvador na noite de terça-feira (15), após os policiais militares decidirem entrar em greve. Os ônibus deixaram de circular na capital baiana após às 21 h e os trabalhadores noturnos foram liberados mais cedo.
Os militares se reuniram a portas fechadas, e a paralisação foi anunciada pelo presidente da Aspra (Associação de Policiais e Bombeiros), Marco Prisco, que disse que a proposta do governo foi rejeitada. Eles alegam que tentam um acordo com o governo há nove meses, com pedido de melhoras no plano de carreiras e reajuste.

Mais informações sobre a greve da Polícia Militar na Bahia, acesse o link: noticias.uol.com.br/

terça-feira, 15 de abril de 2014

CGU lança cartilha sobre utilização dos recursos do Fundeb
Para alcançar uma educação de qualidade para nosso país, é necessário acompanhar, controlar e fiscalizar a execução Fundo de Manutenção e
Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Com o objetivo de estimular a ação do controle social e apresentar informações sobre a utilização dos recursos do Fundo, a Controladoria Geral da União (CGU) lançou a 2ª edição da cartilha “Olho Vivo Fundeb".
A mesma é uma importante ferramenta para gestores, conselhos e, principalmente, cidadãos.

Para acessar a cartilha click  AQUI!
Repasses do FUNDEB para Barra do Choça é um dos maiores do estado da Bahia
Barra do Choça se encontra em condição privilegiada em relação à maioria dos municípios baianos. Segundo informações da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a estimativa de repasses de recursos do Fundo Nacional da Educação Básica (Fundeb) para Barra do Choça, para o ano de 2014, é de 23,94 milhões de reais. A nível de comparação, Vitória da Conquista receberá um valor de 100 milhões de reais, sendo que o referido município é nove vezes maior que Barra do Choça.
Vale destacar também que, além do Fundeb, Barra do Choça é contemplada com diversos recursos: Salário Educação, PNAE, PNATE, Pronacampo, PDE, PDDE, Mais Educação, PNAIC.
Diante disso, acreditamos que o Governo Municipal possui as condições necessárias para oferecer uma educação de qualidade e valorização dos profissionais do magistério.

Para acessar os dados referentes aos repasses do Fundeb para todos os municípios baianos, acesse o site da CNM clicando AQUI!

sexta-feira, 11 de abril de 2014

 CAMPANHA Salarial 2014
Governo Oberdan: muito dinheiro e poucos avanços
O SIMPROBAC (Sindicato dos Professores Municipais de Barra do Choça) informa a população de Barra do Choça que está em constante negociação com o prefeito Oberdan e sua equipe.
No entanto, a Gestão Municipal pouco avançou:
O prefeito não cumpriu parte dos acordos do ano de 2013 e o valor de reajuste salarial apresentado não corresponde aos anseios dos profissionais da educação. Diante disso, continuaremos as negociações por acreditarmos que o prefeito Oberdan pode avançar em suas propostas.
Não queremos paralisar e nem queremos greve. Por isso, é preciso que o gestor tenha mais sensibilidade com os professores e a comunidade e apresente propostas que contemplem a categoria e o ensino de Barra do Choça.

O SIMPROBAC agradece à comunidade pelo apoio e se coloca à disposição para maiores esclarecimentos.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Professores de Vitória da Conquista aprovaram indicativo de greve

Em assembleia realizada na última segunda-feira (7), os professores da Rede Municipal de Ensino de Vitória da Conquista aprovaram um indicativo de greve. A Prefeitura apresentou a proposta de reajuste salarial de 8,32%, mais interstício de nível de 12,75% e interstício de referência de 3,70%. Mas a categoria afirma que o ponto crucial das reivindicações é a reformulação da carreira.
Segundo o Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp), se a Prefeitura não discutir a reformulação da carreira, os professores municipais entrarão em greve. Um indicativo de greve foi aprovado logo após a reunião de hoje.

A Secretaria de Educação afirmou através de nota que vai cumprir o compromisso de pagar o piso salarial aos professores, conforme determina a lei. Outra rodada de negociações deverá acontecer em breve.
Fonte: Blog da Resenha Geral (blogdaresenhageral.com.br)
Campanha Salarial: em assembleia, professores rejeitam proposta do prefeito Oberdan


Nesta quinta (10/04), os professores municipais de Barra do Choça se reuniram em nova assembleia. O objetivo foi avaliar os resultados das últimas negociações realizadas entre o SIMPROBAC e o Governo Municipal. Realizadas as discussões, a categoria reprovou as propostas apresentadas pelo prefeito Oberdan.
Uma das justificativas para a decisão é o fato da Administração não cumprir parte de acordos da Campanha Salarial do ano de 2013 e não apresentar propostas que prporcionem maior valorização Apesar de alguns avanços nas últimas negociações, a categoria acredita que o gestor pode avançar, principalmente em relação aos projetos de lei que garantem direitos aos professores.
O SIMPROBAC solicitará uma nova reunião com Governo Municipal para continuidade da negociações.
Os detalhes da Campanha Salarial serão discutidos no programa de rádio MOMENTO SIMPROBAC, na segunda-feira, à partir das 13:00h, na rádio Nova Dimensão FM.